Vereadores aprovam parceria com instituição de ensino para a formação de monitores escolares

Os vereadores aprovaram na noite desta segunda-feira (08), em sessão
extraordinária, o Projeto de Lei n. 40/19, que trata de convênio com a
Fundação de Apoio e Desenvolvimento da Universidade Federal de Mato
Grosso (Fundação Uniselva) e o Instituto Federal de Educação Ciência e
Tecnologia de Mato Grosso (IFMT).
O valor do investimento é de pouco mais de R$ 412 mil e tem como objetivo a
formação profissionalizante de 150 técnicos em Desenvolvimento Infantil
(monitores escolares), da rede municipal de educação.
Segundo a vereadora professora Cristiani Dias (PT), a formação é uma
reivindicação antiga da categoria e necessária, dentro do novo Plano de
Cargos, Carreira e Vencimentos dos profissionais não docentes da Educação,
que está sendo discutido no Legislativo.
O curso terá como foco o ensino técnico-pedagógico de nível médio, com
duração de 1.500 horas. As aulas serão ofertadas na modalidade Ensino a
Distância (EAD).
A vereadora ressaltou que não existem cursos destinados a categoria em Mato
Grosso. A formação surgiu da necessidade de capacitar o servidor que cuida
da criança, que auxilia o professor em sala de aula.
“Esse curso foi pensado para oferecer conhecimento para as pessoas que
atendem as crianças da educação infantil, para que elas possam atendê-las
com mais qualidade, mais eficiência.”
O valor investido pelo município, R$ 412 mil, será pago em quatro parcelas
mensais, sendo a primeira no valor de R$ 164 mil e as demais, de R$ 82 mil,
que serão quitadas, mediante a prestação de contas.
Ascom/Marcello Paulino