Vacinação antirrábica será realizada no dia 3 de outubro em Lucas do Rio Verde

Os donos de cães e gatos deverão levar seus animais domésticos para imunizar contra raiva em um dos Postos de Saúde da Família de Lucas do Rio Verde. O Dia D da vacinação será no dia 3 de outubro.

Todos os gatos e cachorros com mais de 90 dias de nascimento devem ser imunizados, exceto gestantes, lactantes e animais doentes.

A campanha de vacinação antirrábica será realizada somente nesta data nos PSFs, exceto o III (Menino Deus), V (Pioneiro) e IX (Rural). O atendimento será das 7h às 17h, seguindo todos os protocolos de saúde no combate ao novo Coronavírus (Covid-19).

“Orientamos a população para que se atente data e horário, bem como às medidas de prevenção, uso obrigatório de máscara e evitar aglomerações, se possível uma pessoa apenas da família levar os animais para vacinação. A equipe já percorreu a área rural, inclusive fazendas, e também imunizou os animais nos entidades e ONGs. A atenção agora para o dia 3 é para que possamos imunizar os animais da área urbana”, explicou o médico veterinário, Cléber Fernando.

Conforme a Secretaria Municipal de Saúde, a meta para este ano é vacinar 13.550 animais, sendo 11.750 cães e 1.800 gatos. Em 2019, Lucas do Rio Verde ultrapassou a meta, que era de 12.420 animais, imunizando no total 13.252, sendo 11.714 cães e 1.538 gatos.

A raiva afeta os mamíferos, incluindo o homem. A doença é causada por um vírus e multiplica primeiro nos nervos periféricos, depois no sistema nervoso central e glândulas salivares, onde se multiplica e propaga.

A transmissão ocorre através do contato da saliva por mordedura, lambida em feridas abertas, mucosas ou arranhões. Os sintomas podem demorar a aparecer, devido ao período de incubação do vírus.

As principais características nos animais são “tiques” como se estivessem mordendo o ar; em cães, o latido fica diferente, como se o animal estivesse rouco e salivação abundante. No homem, um dos sintomas é a mudança brusca de comportamento (inquietação, andar sem rumo, agressividade e isolamento). A vacina é a única forma de prevenir a doença.