Secretaria de Saúde confirma 8ª morte por Coronavírus em Lucas do Rio Verde

- Publicidade -

A secretaria municipal de Saúde de Lucas do Rio Verde confirmou, há pouco, a notificação da 8ª morte por Coronavírus, envolvendo uma mulher, 69 anos, hipertensa e diabética. A paciente estava internada em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Regional de Sinop. Não foi informado desde quando estava hospitalizada.

A sétima morte foi registrada nesta quinta-feira. Um homem de 44 anos, caminhoneiro que estava internado em uma UTI de Cuiabá.

- Publicidade -

A sexta morte foi registrada na última quarta-feira, de um idoso, de 75 anos, que era hipertenso e estava em isolamento domiciliar acompanhado por um médico particular. Já a quinta foi registrada na última segunda-feira, envolvendo um idoso, de 76 anos, que estava internado no Hospital São Lucas e fazia tratamento de neoplasia.

O quarto óbito foi no sábado de um paciente, 40 anos, que estava internado em UTI, em Cuiabá. Ele deu entrada no dia 28 de maio. Ainda está sendo investigado se ele tinha comorbidades. No dia 9 deste mês foi registrada a terceira morte, no entanto, os exames de confirmação chegaram no último domingo. A paciente, de 67 anos, tinha doença pulmonar obstrutiva crônica, hipertensão e diabetes.

O segundo registro foi de uma mulher, de 77 anos, que ocorreu no dia 13 do mês passado. Ela tinha diabetes, hipertensão e doença renal. Já a primeira morte causada pela doença em Lucas do Rio Verde e no Estado foi de um homem, de 54 anos, que era gerente de um supermercado e ocorreu ainda no dia 3 de abril.

O boletim epidemiológico divulgado, hoje, pela secretaria municipal de Saúde apontou que, o município tem 262 casos de Coronavírus. Destes, 87 estão recuperados, 159 em acompanhamento domiciliar, nove internados, sendo cinco em UTIs e quatro em enfermaria.

O município ainda tem 123 casos suspeitos e que aguardam os resultados dos exames. Destes, 118 estão em isolamento domiciliar, e cinco internados em enfermaria. Outros 897 já passaram por testes, apresentaram resultados negativos e foram descartados pela secretaria de saúde.