Prefeitura licita obra do Centro de Educação Infantil Paulo Freire

(Foto: Ascom Prefeitura/Sérgio Nery)

A Prefeitura de Lucas do Rio Verde realizou na manhã desta sexta-feira (02) a licitação para a ampliação e reforma do prédio do Condomínio Rosa, no bairro Cerrado, onde deverá funcionar o Centro de Educação Infantil Paulo Freire. Seis empresas participaram do processo licitatório, cujo resultado final somente será conhecido após cumpridas todas as exigências legais.

De acordo com a arquiteta da Secretaria Municipal de Educação, Maria Angélica Pozzer Pires, o projeto de readequação e remodelação da estrutura física terá área total construída de 1.710,92m². “O local passará a ter 17 salas de aula, salas de professores, de estudo e ainda para secretaria, coordenação e gestão, banheiros, copa, cozinha e saídas de emergência e instalação de hidrante já aprovadas pelo Corpo de Bombeiros”, destacou.

A secretária municipal de Educação, Cleusa Marchezan De Marco, disse que a criação da nova unidade educacional permitirá o atendimento de 800 crianças da educação infantil e que a obra deverá ser finalizada ainda em 2019 para ampliar a oferta de matrículas e suprir as estimativas de crescimento da demanda por novas vagas para o próximo ano letivo.

“Este é um cumprimento do compromisso do prefeito Luiz Binotti de atender 100% também da demanda manifesta de creche. Vamos abrir vagas ali a partir de 2020 para a fase de três a cinco anos da educação infantil e também para atender provisoriamente o primeiro ano do ensino fundamental de crianças oriundas do CEI Aquarela até ficar pronta a Escola Cora Coralina, no bairro Jaime Seiti Fujii”, ressaltou.

Segundo De Marco, a previsão é de que a obra da Escola Cora Coralina seja entregue ainda no primeiro semestre de 2020 para iniciar o atendimento integral do primeiro ano do ensino fundamental. “Além disso, a secretaria já tem planejado o início do atendimento em tempo integral na Escola Cecília Meireles, no bairro Tessele Júnior, e ainda a finalização da obra da Escola Estadual Tarsila do Amaral. Com isso, o município estará preparado para atender as demandas mais imediatas”, afirma.

Por Ascom Prefeitura/Neri Malheiros