Prefeitura de Lucas do Rio Verde intensifica ações contra a Dengue em toda cidade

A Prefeitura de Lucas do Rio Verde mobilizou sua estrutura para ações integradas de combate ao mosquito Aedes Aegypti. Nesta quinta-feira (16), uma equipe de servidores se reuniu para traçar estratégias, dando início a uma série de atividades que serão realizadas ao longo das próximas semanas.

Com o objetivo de envolver a população no combate ao mosquito transmissor da dengue, chikungunya e zika vírus, serão desenvolvidas ações conjuntas das secretarias de Saúde, Educação, Infraestrutura e Obras e Agricultura e Meio Ambiente.

O trabalho de visitas domiciliares dos Agentes de Combate a Endemias será reforçado com um horário especial para tentar visitar o maior número de residências possíveis. “Vamos fazer um teste com visitas no horário do almoço para tentar encontrar aqueles moradores que trabalham o dia todo. Além disso, estudamos também a possibilidade de fazer algumas visitas aos sábados para vistoriar residências que estão fechadas no horário normal dos ACEs”, explicou a supervisora da Vigilância em Saúde, Keli Paludo.

O trabalho de mutirão de limpeza nos bairros da cidade também continua com o recolhimento de entulhos e materiais que podem se tornar possíveis criadouros do mosquito. “Estamos com 150 pessoas, cerca de 10 caminhões e maquinários percorrendo todos os bairros da cidade para recolher esses materiais. Temos um cronograma e procuramos mantê-lo em dia, passando pelo menos uma vez por semana em cada bairro. Mas precisamos contar também com a colaboração da população em não depositar entulhos em frente às residências logo depois que o caminhão passa porque muito provavelmente esse material vai ficar em torno de uma semana lá até que a equipe volte ao bairro”, comentou o coordenador Ademilson Pereira.

Os fiscais do Meio Ambiente também irão atuar de forma mais intensiva nas próximas semanas, dando continuidade ao trabalho de notificação e limpeza dos terrenos baldios. “Nossa equipe vai até o local e verifica a situação, notifica o proprietário do terreno e ele tem prazo pra limpar. Caso não seja feita a limpeza, a equipe da prefeitura faz e cobra pelo serviço, além de aplicar multa. Contamos também com a colaboração da população em denunciar locais de mato alto e com entulhos e lixos para que possamos verificar e autuar”, destacou o fiscal Leonardo Urbano.

A população pode fazer denúncias pelo aplicativo Lucas Cidadão, onde é possível registrar foto e marcar a localização. O aplicativo está disponível gratuitamente nas lojas do celulares Android e IOS. Se preferir pode ligar na Ouvidoria pelo 0800 646 4004 ou ainda registrar pelo site da prefeitura: www.lucasdorioverde.mt.gov.br.

De acordo com a Vigilância em Saúde, a ação conjunta foi organizada devido ao aumento no número de notificações na cidade. Desde o início do ano até hoje (17) já foram registradas 68 notificações em Lucas do Rio Verde.

“Acreditamos que unindo forças podemos combater o mosquito e reduzir o número de notificações. Estamos conscientizando a população para eliminar os criadouros do mosquito com o objetivo de evitar o avanço das doenças no município. Nas próximas semanas, as secretarias municipais vão intensificar os trabalhos e contaremos também com a Educação, que dá início às aulas no dia 29. Juntos vamos realizar ações de prevenção e combate”, reforçou Keli Paludo.

Em 2019, no período de janeiro a dezembro, a Secretaria de Saúde de Lucas do Rio Verde registrou 516 notificações de Dengue, 11 de Chikungunia e 29 de Zika, um aumento de 300% comparado ao ano de 2018. Os bairros com mais registros de notificações foram: Jardim das Palmeiras (57), Alvorada (54), Bandeirantes (39), Cidade Nova (37) e Rio Verde (37).