Partida deste sábado, contra o Cuiabá, será a última de Helmute Lawisch como presidente do Luverdense

Luverdense e Cuiabá estarão frente a frente neste sábado, na partida que irá apontar o campeão da Copa Mato Grosso 2019. O confronto marcará também a despedida do presidente Helmute Lawisch, no comando do clube.

Após 15 anos como presidente Helmute se vê obrigado a deixar o cargo, em função de uma normativa do Pro-Fut, onde diz que nenhum dirigente poderá permanecer no cargo, por um período superior a dois anos. Em entrevista à Rádio Regional, na manhã desta sexta-feira, Helmute agradeceu o apoio de todos que colaboraram com o clube, durante todo esse tempo e disse que espera que alguém se apresente para comandar o clube nos próximos anos. “Bem ou mal, eu fiz a minha parte. Fiz o possível e as vezes até o impossível pelo Luverdense. Meu ciclo, se encerra no dia 31 de dezembro e espero que alguém se apresente para dar continuidade a tudo o que construímos. A minha sensação é de dever cumprido, mesmo que a gente perca para o Cuiabá amanhã. Mesmo fora da presidência, quero estar ajudando de alguma maneira, até porque em 16 anos, aprendi bastante sobre futebol. Gostaria que a nossa torcida fosse ao estádio amanhã, para incentivar essa garotada que certamente formarão a base da equipe de 2020” disse Helmute.

Mesmo com a queda para a série D do campeonato brasileiro, Helmute garantiu que o Luverdense terá calendário no ano que vem. “Vamos disputar o campeonato estadual, que está a cada ano mais valorizado, a partir do dia 21 de janeiro. Teremos ainda a Copa do Brasil, que dará ao clube um aporte financeiro, a Copa Verde, a Copa Mato Grosso e o brasileiro da série D, que a partir do ano que vem terá um novo formato. Serão grupos de 8 clubes cada, onde jogam todos contra todos e os quatro primeiros se classificam para o mata-mata. A equipe que passar por três mata-matas estará na série C 2021. Somente na primeira fase da série D, serão 14 jogos, ao contrário da deste ano, onde cada equipe jogou seis jogos. Como a competição será regionalizada, muito provavelmente o Luverdense terá como adversários na série D, os mato-grossenses União de Rondonópolis, Operário de Várzea Grande e as equipes de estado do Mato Grosso do Sul, Rondônia e Tocantins” completou Helmute.

A partida entre Luverdense e Cuiabá, amanhã, no Passo das Emas, tem início às 19h. O Luverdense precisa vencer por dois gols de diferença para ser campeão. Em caso de vitória simples a decisão será nos pênaltis. O Cuiabá, tem a vantagem do empate.