Não aceitando fim de relação, homem agride a ex no Jardim Primavera

Por volta das 11h30 da manhã de segunda-feira (23), uma guarnição da PM foi acionada via 190 para atendimento de uma ocorrência de lesão corporal que estaria ocorrendo na Rua das Ínguas no Jardim Primavera. No local, os PMs encontraram a mulher de 30 anos, informando que seu marido de 28 anos, estaria lhe agredindo. Que o suspeito tem histórico de ser agressivo e que já tem algumas passagens policiais por tráfico de drogas. A mulher disse que o homem havia saída do CDP há cerca de 3 meses e que não aceita o término do relacionamento. Depois de mais uma discussão do casal, o homem a agrediu com socos e pontapés. Todos foram encaminhados para a delegacia de polícia para as medidas de praxe.

Outro caso

Às 13h20 de segunda-feira (23), policiais receberam a informação de que o marido estaria ameaçando de morte sua esposa, tentando atear fogo na residência localizada no Bairro Vida Nova. O comunicante, que é irmão da vítima de 38 anos, disse que mora junto com o casal e dois filhos menores de idade. O irmão disse que por várias vezes o marido ofende a mulher com palavras de baixo calão e que a ameaça de morte dizendo que vai chamar integrante do ‘Comando Vermelho’, para mata-la. Que neste dia, o homem de 28 anos chegou em casa e começou com os xingamentos, até que ameaçou a vítima de morte ligando o gás do fogão, dizendo que iria colocar fogo na residência. A vítima confirmou a versão apresentada pelo irmão e ainda disse que convive com o homem há 7 anos e que dias atrás sofreu agressões, mas que não fez a denúncia. O suspeito foi detido e encaminhado para a delegacia de polícia, onde deverá responder por agressão e ameaça.