Janice Girotto disse estar mais tranquila após receber a 1ª dose do imunizante.

Bem cedinho a fila de carros para se vacinar contra a Covid-19 já podia ser vista no quarteirão da Avenida Beira Mata. A sexta-feira (25) foi marcada pela vacinação dos profissionais da educação atuantes no ensino médio e para pessoas acima dos 52 anos, no Parque de Exposições, em Lucas do Rio Verde. Ao todo, 1.454 doses do imunizante foram aplicadas.

Para os professores e demais trabalhadores da educação, a Secretaria de Saúde disponibilizou um espaço separado no local, com acesso feito pela entrada de pedestres. Já para os integrantes da vacinação por faixa etária, o imunizante foi aplicado dentro de seus carros, no drive-thru, forma de vacinar um número maior de pessoas com segurança.

Michele Eidt, docente do ensino médio, celebrou a dose recebida para poder desempenhar o papel de educadora de forma segura. “Hoje tomamos uma dose de esperança. Esperança por dias melhores, pelo retorno das nossas atividades presenciais com mais segurança. Os desafios são grandes pela frente. Estamos confiantes de que as coisas vão melhorar”, expôs a professora.

Junto ao drive-thru por faixa etária, o vice-prefeito Marcio Pandolfi e a esposa Noeli Alberti também tomaram a primeira dose. O vice-prefeito comemorou que, dia a dia, estamos diminuindo o mais rápido possível as faixas etárias, e o quão significativo é para todo o sistema de saúde.

“É uma expectativa muito boa, estamos vendo o problema a nível mundial, com o número dos óbitos registrados e isso entristece a todos. Mas, graças a Deus e à ciência, encontramos um ‘remédio’ eficaz, que é a vacina. Quero crer que em breve os leitos e UTIs sobrarão vagas”, disse Marcio.

Diversos munícipes agradeceram pela estrutura instalada no Parque de Exposições, que mesmo com muitas pessoas em busca de sua dose, os drives de vacinação foram montados para atender o maior número de pessoas possível, porém com toda segurança necessária.

“Fiquei impressionada com a organização. Tudo voltado para a população e com responsabilidade. Me sinto muito satisfeita e agora mais tranquila”, disse a empresária Janice Girotto.

Quem faz parte dos grupos já vacinados, mas ainda não recebeu a imunização, pode solicitar informações à Vigilância em Saúde, das 7h às 11h, pelo telefone (65) 3548-2502.