Luverdense busca vitória fora de casa para sair da zona de rebaixamento

Juventude e Luverdense se enfrentam nesta segunda-feira, as 19h (hora do MT), no estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul, na partida que fecha a primeira rodada do returno da Série C. A situação do time gaúcho é relativamente confortável. Se vencer o time retoma a liderança do grupo B da competição. Para o jogo desta noite, o treinador Marquinhos Santos terá três desfalques. Vidal e Sidimar, suspensos e o lateral-esquerdo Eltinho lesionado. Lucas Mota, Diego Ivo e Felipe serão os substitutos. A provável equipe para enfrentar o Luverdense deve ter: Marcelo Carné; Lucas Mota, Genílson, Diego Ivo e Felippe; João Paulo; Breno, Aprile, Rafael Bastos e Dalberto; Paulo Sérgio ou (Bruno Alves). Nos últimos 5 jogos, o Juventude conquistou 2 vitórias e 3 derrotas. Na última partida do turno foi goleado pelo Ypiranga de Erechim por 4 a 1, no Colosso da Lagoa. Atualmente a equipe de Caxias está na vice-liderança do grupo, com 15 pontos.

No Luverdense o técnico Júnior Rocha espera manter a boa fase jogando fora de casa, onde a equipe só perdeu uma vez. Uma vitória hoje à noite tira o time de Lucas do Rio Verde da zona de rebaixamento. Ainda sem poder contar com os recém contratados, Tozim e Léo Goteira, o treinador deve manter a mesma equipe que vem jogando nas últimas partidas. O único desfalque certo é o zagueiro Hélder que está entregue ao departamento médico. Nos últimos 5 jogos, a equipe conquistou 1 vitórias e 4 empates e está invicta a seis jogos. Na última partida, o time conquistou a primeira vitória na competição com uma goleada em cima do Atlético-AC pelo placar de 4 a 0. Atualmente o Luverdense se encontra na 9ª posição do Grupo B, com 9 pontos ganhos em 9 jogos disputados. O provável time para hoje à noite deve ter: Edson; Pedro Costa, Luiz Eduardo, Lucão e Jefferson Recife; Moisés, Kauê, Juninho Tardelli e Gabriel Honório; Anderson Ligeiro e Dionathan Abu.

A partida terá a arbitragem de Tiago Nascimento dos Santos (PE), auxiliado por Ricardo Bezerra Chianca (PE) e José Daniel Torres de Araújo (PE).

O Pioneiro