Júnior Rocha não consegue explicar o que acontece com seu time

SAMSUNG CAMERA PICTURES

O Luverdense empatou com o Boa Esporte em 1 a 1 na tarde deste domingo pela sexta rodada do primeiro turno do campeonato brasileiro da série C e complicou ainda mais a possibilidade de brigar pelo acesso a série B do futebol brasileiro.

Com o empate a equipe comandada por Júnior Rocha, segue sem vencer na competição e amarga a penúltima colocação do grupo, com apena 4 pontos ganhos 18 disputados. Ao final do jogo, o técnico Júnior Rocha, tentou explicar o novo tropeço. “Não sei explicar não. A gente trabalha muito durante a semana e as coisas não estão acontecendo. Somos profissionais, precisamos assumir nossa responsabilidade e botar a cara para bater. Eu gostaria de ter a resposta exata para dar a vocês, mas vou enumerara ao menos três: Falta de atenção, falta de maturidade e até mesmo falta de comprometimento. Se o problema for meu eu coloco o cargo de treinador a disposição da diretoria, para que faça a troca se entender necessário” disse o treinador, sem assumir os próprios erros.

No decorrer da partida o treinador retirou o volante Everton Dias, autor do gol e considerado o melhor em campo pela impressa e deixou em campo o apagado Juninho Tardelli. Logo na sequência, sacou o atacante Abu e promoveu a entrada de Igor que voltava de lesão e estava sem ritmo de jogo. A única alteração que fez, sem ser sua opção foi a saída do lateral Da Silva que pediu para sair. Em seu lugar, entrou o estreante Pedro Castro. As três alterações foram feitas, quando ainda o time vencia por 1 a 0. Nenhuma delas surtiu resultado. Pelo contrário, o time se encolheu, chamou o adversário para seu campo e como castigo, levou o empate.

Ainda nesta segunda-feira, a direção do Luverdense deverá se reunir e a troca do comando técnico, não está descartada.

O próximo jogo do Luverdense será fora de casa contra o Ypiranga de Erechim, no estádio Colosso da Lagoa, em Erechim, no próximo domingo, às 14h30 (de MT).