Com apoio da Prefeitura de Lucas do Rio Verde, atletas do projeto Cecília Meireles Correndo a Mil foram até Cuiabá no último final de semana, dias 17 e 18 de julho, para disputarem uma competição de atletismo em nível estadual. Na volta para casa, os jovens tiveram um peso a mais na bagagem, que eram as medalhas de melhores colocados.

Ao todo, quatro atletas do projeto conquistaram vaga no pódio. O bom desempenho é resultado de muitos treinos, realizados semanalmente na pista de atletismo no bairro Tessele Junior. O local passa por constantes melhorias, proporcionando aos jovens a condição de estarem sempre preparados para competições como essa.

A atleta Jenifer Silva recebeu duas medalhas na competição, sendo ouro na prova de 100m e prata nos 200m. Maria Yolania, conquistou medalha de bronze na prova de 100m. Outra medalhista foi a Renata Camila, com bronze na prova de 400m. Quem também conquistou a medalha de bronze foi Mauro Clemente na prova de 800m.

Para reconhecer e parabenizar, não somente os medalhistas, mas todos os competidores, o secretário de Esporte e Lazer, Jackson Lopes, esteve na pista de atletismo do Tessele Junior na noite desta quarta-feira (21). Na ocasião, ele destacou a importância do projeto. “Além de oportunizar o surgimento de novos atletas, seja amador ou profissional, o projeto ensina valores importantes a esses jovens que, com certeza, devem se tornar cidadãos de bem”.

Além da Secretaria de Esporte e Lazer, o projeto tem apoio da Secretaria de Educação por envolver alunos da Escola Municipal Cecília Meireles. A diretora da unidade, Erciana Santana, também elogiou os jovens pelo desempenho. “Nós notamos que os alunos que participam do projeto apresentam um comportamento melhor durante as aulas. Então, a gente apoia ações como essa, que envolvem a comunidade com o ambiente escolar”.

Atualmente o projeto é coordenado por Maurício Santos da Silva, conhecido como “Corredor”. Desde o início do ano, o Município disponibiliza o professor de educação física Emilson Boaventura, que atua na Cecília Meireles, ao projeto.

<< Matéria anteriorPraça do bairro Vida Nova passa por revitalização
Próxima matéria >>Definido valor que será pago a policiais e bombeiros por “horas extras” em Lucas do Rio Verde