IPTU de Lucas do Rio Verde será lançado em abril e secretário diz que ‘atraso’ da câmara reduz parcelas

Com previsão de arrecadação de R$ 22,5 milhões, o Imposto Predial e Territorial Urbano de Lucas do Rio Verde deve ser lançado em abril. As informações foram confirmadas, na manhã desta segunda-feira, pelo secretário de Finanças, Giovanni Rodrigues. “Inicialmente, nosso objetivo era lançar a campanha em janeiro e os pagamentos iniciarem este mês, no entanto, efetuamos o protocolo do projeto na câmara em novembro e as comissões aprovaram agora. Fizemos o pedido de uma sessão extraordinária para debatermos o IPTU, mas não fizeram e acabou atrasando o lançamento da campanha”, apontou.

Em decorrência do atraso, o débito poderá ser parcelado somente em até 9 vezes e não mais em 11 como previa o projeto do executivo. “Infelizmente não conseguimos colocar o projeto em pauta e votar. Agora, certamente teremos que mandar um substitutivo para ser apreciado. Fico preocupado pois tínhamos um planejamento, queríamos fazer um arrecadação que começasse a entrar mais cedo”, destacou.

Os munícipes luverdenses ainda receberão descontos pelo pagamento em até quatro parcelas. Quem optar em pagar o tributo em parcela única receberá 30% de desconto, em duas parcelas 28%, 26% em três e 25% em quatro vezes.