Homem é detido por injúria racial

Um homem foi detido na noite desta quinta-feira, em um estabelecimento comercial de Lucas do Rio Verde, acusado de injúria racial. O fato aconteceu por volta das 21h30, em uma lanchonete localizada no bairro Pioneiro. Conforme consta no boletim de ocorrência, o acusado estava no estabelecimento juntamente com a esposa e filhos, comendo espetinho. Em determinado momento, um cidadão de nacionalidade Haitiana se aproximou e ofereceu algumas joias e relógios que vende. O acusado, bastante exaltado se levantou e disse que não queria nenhum “preto sujo” próximo a sua família e proferiu outras palavras de baixo calão, contra o vendedor. Na sequencia o acusado desferiu um soco no peito do Haitiano e pegou uma faca de mesa para ameaça-lo. Assustado, o rapaz saiu correndo do local e acionou a polícia militar. Ao retornar no estabelecimento acompanhado com a polícia, o vendedor foi novamente insultado pelo acusado, que passou a xingar os policiais dizendo que é “pioneiro” de Lucas do Rio Verde, que possui muito dinheiro que ele é que deveria ser defendido pela polícia e não um “preto safado” e estrangeiro.

Os policias precisaram usar de força moderada para algema-lo e conduzi-lo para a delegacia. O mesmo deverá ser indiciado por injúria racial, agressão e desacato.