Em Nota Conselho Regional de saúde esclarece que morte de médico não foi por Covid

Alguns veículos de comunicação de Lucas do Rio Verde e do estado do Mato Grosso noticiaram a morte do médico Dr. Aguinaldo Cesário, ocorrida no dia 21 de junho, como sendo por Covid-19. Ontem à noite a foto do médico foi exibida no Jornal Nacional, entres as pessoas que morreram com a doença.

Para esclarecer de vez a situação, o Conselho Regional de Medicina do Estado de Mato Grosso, emitiu na manhã de hoje, uma nota, onde informa que a morte do médico não foi em decorrência de Covid-19, como havia sido previamente registrado.

O esclarecimento foi solicitado pela família da vítima. O CRM esclarece que o caso da morte do médico havia entrado automaticamente no registro de óbitos dos profissionais da área da saúde decorrentes de Covid-19, informação que havia sido confirmada à imprensa, contudo, após a verificação do resultado de coleta do exame molecular, foi constatado o caso como não reagente, passando então, a ser considerado como descartado do sistema.

Por fim, o CRM encerra o documento pedindo desculpas pelo constrangimento que a situação causou à família.