Em desvantagem, Luverdense encara o Cuiabá neste sábado, na final da Copa Mato Grosso

Luverdense e Cuiabá decidem neste sábado, a partir das 19 horas, no estádio Passo das Emas, em Lucas do Rio Verde, o título da Copa Mato Grosso 2019. Ambos já estão com as vagas garantidas para a Copa do Brasil 2020. O Cuiabá por ter sido campeão estadual, e o Luverdense por ter chego à essa final contra o time da capital. No primeiro jogo, o Cuiabá venceu por 1 a 0 na Arena Pantanal e tem a vantagem do empate. O Luverdense precisa da vitória.

No Cuiabá, o técnico Eduardo Henrique não poderá contar com o atacante Raul, que fez o gol da vitória no primeiro jogo. Ele recebeu o terceiro cartão amarelo e está fora da decisão. Para compensar, ele terá o retorno do volante Profeta.

Pelo lado do Luverdense, além de estar em desvantagem no placar, o técnico Maico Gaúcho tem mais problemas. Três jogadores experientes do grupo abaixo de 23 anos estão machucados, o zagueiro Kaique, o lateral-direito Da Silva e o atacante Léo Goteira. O zagueiro Raphael está suspenso com três cartões amarelos. “O elenco está desfalcado por lesões, três atletas estão machucados, não jogam, nem o Raphael, suspenso. Vou ter praticamente 13 atletas para o jogo, mas isso não tem problema, tendo 11 está bom, mais o goleiro reserva. Obviamente que é um jogo muito difícil, além de estar perdendo por 1 a 0, vamos enfrentar um time bem organizado, com a parte defensiva muito bem postada. E vai jogar no nosso erro, mais uma vez, a gente tem que ter calma, paciência, organizadamente, fazer o nosso jogo, tentar impor o nosso ritmo, sem nos expormos tanto, para aí depois que empatar o jogo, fizer um a zero, aí sim pensar em algo mais. Mas enquanto não fizer o primeiro gol, a gente sai atrás deles, então vamos por partes, mas espero que dê tudo certo”, disse o técnico Maico Gaúcho.

O Luverdense busca seu tetracampeonato, já que ficou com o caneco nas temporadas 2004, 2007 e 2011. O Cuiabá, campeão em 2010 e 2016, está na busca pelo tricampeonato.

Por: Pedro Lima