Deecreto reajusta tarifa do transporte coletivo mas mantém valor para bilhetes eletrônicos

A prefeitura de Lucas do Rio Verde baixou decreto que autoriza o reajuste na tarifa de transporte coletivo de passageiros em Lucas do Rio Verde. A partir de agora, os usuários pagarão R$ 4 reais pelos bilhetes adquiridos no interior dos veículos, em pecúnia (dinheiro). O valor antigo era R$ 3,85. O decreto já entrou em vigor. O último reajuste na tarifa de transporte foi publicado em maio deste ano, quando os valores dos bilhetes subiram de R$ 3,50 para R$ 3,85.

O decreto, no entanto, mantém o mesmo valor de R$ 3,85 para as passagens adquiridas pelo Sistema de Bilhetagem Eletrônica (SBE). O pedido para que houvesse valores diferenciados foi feito pela concessionária, em fevereiro deste ano.

A justificativa é de que há menos custos envolvidos na arrecadação automática das tarifas e que, atualmente, 88% dos passageiros compram os bilhetes de forma eletrônica.

A empresa ainda apontou que, ao manter a compra em dinheiro no interior dos ônibus, é obrigada a arcar com custos superiores ao SBE.