As aulas presenciais das creches municipais para crianças a partir dos três anos de idade retornaram nesta segunda-feira (05) em sete instituições escolares de Lucas do Rio Verde que atendem esses alunos classificados como pertencentes ao “Infantil III”.

Um termo de compromisso com os cuidados necessários, respeitando as medidas de biossegurança devido à pandemia da Covid-19, foi assinado pelos pais e/ou responsáveis.

Todos os protocolos estão sendo seguidos nas escolas, como a utilização de máscaras para alunos e educadores, protocolos de higienização, desde lavar as mãos e uso frequente de álcool gel 70%, além do distanciamento social.

“Como são crianças de três anos, temos que levar em consideração que muitas dessas crianças ainda não foram para as creches. Então, de repente, esse período de adaptação dela no ambiente escolar é um pouquinho mais longo do que no ensino fundamental. Temos que respeitar essa faixa etária da criança”, detalha a Professora Jilvana Vitorassi, assessora pedagógica da Secretaria Municipal de Educação.

As crianças que estão nas aulas presenciais fazem parte do grupo de 50% de alunos permitidos, conforme decreto, respeitando o período de adaptação desta criança, conforme a faixa etária. Para isso, as turmas foram divididas em mais salas, respeitando o distanciamento, buscando atender todas as famílias que aceitaram retornar presencialmente.

As crianças de três anos de idade estavam há quase um ano e meio sem aulas presenciais e as aulas presenciais para esta faixa etária foi liberada devido o avanço da vacinação contra a Covid-19.

Entretanto, o período de retorno das aulas para as creches ainda passa por avaliação. Conforme as análises deste processo, a tendência é avançar para que as crianças de dois anos também retornem.

A Secretaria Municipal de Educação reforça o pedido para que os pais e/ou responsáveis por estes alunos sigam os protocolos de biossegurança não encaminhando as crianças com sintomas gripais para a creche e, caso alguém da família possua sintomas, procurar o PAM para o teste rápido de Covid-19.