Campanha Manta que Aquece é reeditada em Lucas do Rio Verde

A campanha do agasalho Manta que Aquece reeditada nesta sexta-feira, 29, no Paço Municipal de Lucas do Rio Verde, visa repetir o sucesso do ano passado e tem como meta a arrecadação de unidades suficientes para ajudar pelo menos duas mil famílias carentes. O lançamento ocorre justamente numa das semanas que registrou as temperaturas mais frias do ano no estado de Mato Grosso.

Como em anos anteriores, além da Prefeitura, a campanha de doação conta com a parceria da Câmara de Vereadores e diversas instituições e empresas locais. Além disso, haverá vários pontos de arrecadação espalhados pela cidade. “É muito importante que as pessoas novamente atendam nosso apelo e doem todo tipo de agasalho que pode manter aquecidas as famílias mais necessitadas e, com isso, todos aquecem a própria alma e o coração”, frisa a primeira-dama, Rafaela Frizzo.

Segundo ela, os luverdenses não estão acostumados com o frio e qualquer queda mais acentuada da temperatura traz muito desconforto para a grande maioria das pessoas. “Mais que em outros anos, a campanha Manta que Aquece também pode ajudar a evitar que muitos fiquem expostos ao frio e caiam doentes ou fiquem mais debilitados exatamente quando vemos crescer o número de casos de contaminação pelo vírus do Covid-19”, adverte.

A secretária municipal de Assistência Social, Lucileide Gurka, acredita que com a pandemia as pessoas serão mais solidárias e o total de doações deverá ser bem maior que no ano passado, quando os organizadores da campanha decidiram priorizar a arrecadação de mantas e cobertores. “A manta, por não ser tão quente como outras cobertas, pode ser usada o ano inteiro, e também tem um custo bem mais acessível.  Temos algumas lojas, como a Oba Oba, que são parceiras e fazem preços especiais para a compra de mantas que serão doadas para a campanha”, explica.

Representando o Legislativo local, o vereador Fernando Pael destacou que o órgão resolveu contribuir em 2020 com o mesmo valor de R$ 25 mil doado para a campanha no ano anterior. “Mais uma vez a Prefeitura deu o pontapé inicial nesse importante trabalho social que se repete todos os anos e o sentimento de poder auxiliar as pessoas que mais necessitam deixa a gente feliz porque as dificuldades que já eram muitas foram agravadas com essa pandemia. Então, fica aqui o nosso apelo aos empresários e a todos que têm roupas e agasalhos de sobra para que abram seu coração e, mais do que nunca, sejam solidários.”

- Publicidade -