Binotti acompanha decreto do governo e comércio em Lucas pode funcionar com restrições a partir de segunda-feira

- Publicidade -

O prefeito Luiz Binotti assinou um decreto, nesta quinta-feira, autorizando o funcionamento do comércio nos termos de um decreto assinado, mais cedo, pelo governador Mauro Mendes. O prefeito afirmou que considerou a análise da situação da pandemia no mundo e a ausência de casos confirmados no município ou óbitos no Estado. Binotti também citou o pronunciamento feito pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, na última terça-feira.

O decreto autoriza o funcionamento, a partir de segunda-feira (30), supermercados de todos os portes. Também estão autorizadas a funcionar, para retirada de produtos ou entregas (delivery), empresas dos segmentos de padarias, restaurantes, bares, conveniências, açougues, peixarias e distribuidoras de gás.

- Publicidade -

Ainda estará liberado o transporte coletivo municipal, transporte individual de passageiros, velórios, com até 20 pessoas, e transporte coletivo intermunicipal de funcionários. Já as agências bancárias e loterias deverão evitar a aglomeração de pessoas.

A medida também autoriza o funcionamento de empresas nas áreas de assistência social, farmácias, comércio de alimentos e medicamentos destinados a animais; segurança; comércio de peças automotivas; produção, distribuição e comércio de combustíveis; oficinas mecânicas; prestadores de serviços de manutenção de elevadores e aparelhos de ar condicionado, rede elétrica e abastecimento de água, veículos de comunicação, serviços agropecuários e veterinários; concessionárias; funerárias, entre outros.

Conforme o decreto, não poderão abrir: parques públicos e privados; bares, boates, casas noturnas, shows artísticos, e congêneres; festas; feiras; academias; ginásios esportivos e campos de futebol; missas, cultos e celebrações religiosas; outros eventos que “demandem aglomeração ou reunião de pessoas”.

As aulas nas redes pública e particular seguirão suspensas até 5 de abril.