A rotatória da Rosa Mística em Lucas do Rio Verde voltará à pré-história a partir de 19 de maio, quando o local será transformado no Vale dos Dinossauros. A Expodinos, com entrada gratuita, traz réplicas animatrônicas de diferentes espécies de dinossauros. Até 26 de maio, das 17h às 22h, as famílias luverdenses poderão conferir de perto as feras da Era Mesozoica.

Na exposição, estarão disponíveis as onze réplicas animatrônicas, que são peças gigantes que reproduzem sons e movimentos dos animais, de diferentes espécies de dinossauros. A exposição traz a história de cada um dos dinossauros, contendo nome da espécie e a data em que foi encontrado.

Uma delas é o “Pycnonemosaurus Nevesi”, que viveu em Chapada dos Guimarães há 70 milhões de anos, na região onde hoje está localizada Jangada Roncador. O predador de dentes afiados, que podia chegar a 4 metros de altura, 9 metros de comprimento e pesar até 2 toneladas, é um típico dinossauro da região Centro-Oeste do Brasil.

Conforme o Governo do Estado, o “Vale dos Dinossauros” é uma criação do Instituto Mato-grossense de Desenvolvimento Humano, que conta com o apoio do Governo, por meio da Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer (Secel), e aporte financeiro da Assembleia Legislativa de Mato Grosso.

A Expodinos já percorreu diversos pontos do estado, como Cuiabá, Várzea Grande e Chapada dos Guimarães.

<< Matéria anteriorLançamento de foguetes elaborados por alunos marca 1ª Mostra Municipal de Lucas do Rio Verde
Próxima matéria >>Lucas do Rio Verde confirma caso de raiva em morcego e alerta sobre cuidados