Prefeitura construirá terminal de ônibus em Lucas com investimento de até R$ 664 mil

A prefeitura iniciou um novo procedimento licitatório para contratar a empresa que ficará responsável pela construção do terminal de integração. A estrutura será construída em um terreno às margens da BR-163, na avenida Amazonas, entre as ruas Chapecó e Andorinha, no centro de Lucas do Rio Verde.

O projeto prevê uma área coberta de 374 metros quadrados e mais 175 metros de  construção, abrangendo guichês, áreas de circulação, de espera para usuários dos ônibus, sanitários, depósitos e bicicletário. Também será destinado um espaço de fluxo para o tráfego dos ônibus. “O terminal de integração possibilitará uma multiplicidade de ligações origem-destino por meio de viagens multimodais. A localização é um fator de extrema importância, pois será de fácil acesso possuindo vínculo com o sistema viário local, integração com os modos de transportes existentes, no centro de gravidade das viagens e um local de fácil implantação, ou seja, de maior interesse para o acesso de grande parte dos usuários da rede de transportes”, diz a prefeitura no edital de licitação.

O valor estimado para as obras é de R$ 664 mil. O montante que será empregado na construção, no entanto, só será definido após homologação do procedimento licitatório. A empresa que vencer o certame terá 90 dias para concluir as obras.

No início do ano passado, a prefeitura de Lucas rescindiu o contrato para construção do terminal. A obra foi licitada ainda durante a gestão do ex-prefeito Otaviano Pivetta, porém, não havia saído do papel em razão da falta de consenso sobre o local para implantação do empreendimento.

A construção do terminal de integração foi licitada em 2016. O contrato assinado com a empreiteira, no entanto, já havia sido paralisado cinco vezes. O valor da proposta apresentada pela empresa, em 2016, foi de R$ 175 mil. Já a execução teria um prazo de 90 dias.