Prefeitos de Sinop, Sorriso, Lucas e Mutum vão a ministério reforçar cobrança para duplicar BR-163

Os prefeitos Roberto Dorner de Sinop, Ari Lafin de Sorriso, Miguel Vaz de Lucas do Rio Verde e Leandro Félix de Nova Mutum foram ontem a Brasília intensificar a cobrança para ser feita a duplicação da BR-163, do Posto Gil a Sinop e melhorias dos acessos da rodovia para as respectivas cidades. O encontro no ministério da Infraestrutura está previsto para esta terça-feira. São cerca de 300 km que tem pista simples, com milhares de carretas, caminhões, veículos, ônibus e motos trafegando diariamente e com muitos acidentes tendo vítimas fatais.

A audiência foi articulada por Dorner que fez o convite aos demais chefes dos executivos. Eles também devem cobrar outras demandas, como obras de travessia urbana e viadutos, dentre outros.

No início do ano, prefeitos de algumas cidades do Nortão se reuniram, nas prefeituras, com representantes da concessionária que se comprometeram a executar a duplicação dentro de quatro anos e apresentaram as propostas que farão parte do termo de ajustamento de conduta, que será firmado com a Agência Nacional de Transporte Terrestre, após anos de cobranças da sociedade organizada, através de entidades, e o poder público para serem feitas melhorias que deveriam ter sido executadas.

Alguns setores defendem que o governo federal faça nova concessão para que outra empresa assume e invista na duplicação deste trecho da 163, em viadutos e passarelas que já deveriam ter sido feitas, mas não foram.