O presidente da MT Participações e Projetos (MT PAR), Wener Santos, o prefeito Miguel Vaz e secretários de Lucas do Rio Verde se reuniram, hoje, com o superintendente de Habitação, Eduardo Tsuchiya Junior, e com a engenheira Marinete Assis, da Caixa Econômica Federal para alinhamento da construção apartamentos no município. O empreendimento prevê inicialmente a construção de 1,5 mil apartamentos, podendo chegar a duas mil unidades,

A parceria foi anunciada durante a visita do governador Mauro Mendes (DEM) a Lucas do Rio Verde. Na ocasião, o Governo do Estado de Mato Grosso, por meio da MT PAR, e a prefeitura de Lucas do Rio Verde assinaram um termo de adesão para dar início a construção de milhares de apartamentos no município, referentes ao programa Mais Habitação. “Serão unidades habitacionais para trabalhadores, contemplando nossa região que não para de se desenvolver”, disse o prefeito.

“Neste modelo de parceria a prefeitura doa o terreno, a MT PAR entra com o aporte financeiro e a Caixa Econômica Federal financia o restante do imóvel, dessa forma conseguimos atender mais famílias”, explicou Wener.

Para o prefeito Miguel Vaz a parceria entre Estado e município facilitará a realização do sonho da casa própria, pois as parcelas ficarão mais acessíveis para o cidadão. “A maior dificuldade hoje é a entrada do imóvel, visto que a Caixa financia até 80%, ou seja, o que pesa são os 20% de entrada que o cidadão tem que pagar. E é aí que entra o aporte financeiro do Estado”, explicou o prefeito.

O termo de adesão entre Estado e município foi assinado na última sexta-feira (6). “Nosso objetivo é atender a população com imóveis de qualidade e infraestrutura completa, com preços mais acessíveis, uma vez que o valor de um lote em Lucas do Rio Verde é elevado”, explicou o governador Mauro Mendes.

Nesta sexta-feira (13), será a vez de Alta Floresta (789 km de Cuiabá) aderir ao programa. No município serão 213 casas, com cerca de 51m², no loteamento Residencial Alvorada. Só neste projeto a MT PAR deverá investir mais de R$ 3 milhões em infraestrutura para a execução da pavimentação asfáltica, drenagem e passeio público.

O programa Mais Habitação faz parte do Mais MT, uma série de investimentos anunciados pelo Governo do Estado que somam R$ 9,5 bilhões em diversas áreas. Do montante, R$ 120 milhões serão destinados para subsidiar a construção de moradias populares em todo Estado.

<< Matéria anteriorPessoas com 32 anos completos são incluídas na vacinação desta quinta-feira
Próxima matéria >>Baleado em tentativa de assalto a fazenda no Médio Norte está em UTI; esposa e 2 ladrões morreram em tiroteio