Com o objetivo de conhecer o terminal ferroviário da Rumo Logística, empresa que manifestou interesse em ampliar a malha ferroviária até Lucas do Rio Verde, o prefeito Miguel Vaz foi até Rondonópolis, na tarde desta segunda-feira, e conversou com representantes sobre o projeto da empresa para a expansão da ferrovia.

Segundo a empresa, em Rondonópolis, são embarcadas por ano no terminal ferroviário mais de 20 milhões de toneladas de carga de grãos, sem contar biocombustíveis, fertilizantes, algodão, entre outros. A unidade tem capacidade para receber até dois mil caminhões por dia.

Miguel Vaz destacou a importância de lutar pela ferrovia e ter um terminal como esse para Lucas do Rio Verde. “Nós viemos conhecer o terminal de perto para ter noção de como isso vai se desenvolver em nosso município, incluindo a geração de empregos. Ter esse panorama é muito importante para que a gente consiga pensar e preparar o nosso município para o futuro”.

O Governo do Estado está com o chamamento público em aberto para contratar a empresa que deve trabalhar nessa que será a primeira ferrovia estadual. “Nós esperamos que dê tudo certo e se concretize esse importante projeto que é a extensão da ferrovia de Rondonópolis até Lucas do Rio Verde”, disse o prefeito.

Durante a visita, a comitiva conheceu também o terminal da Brado, que transporta em contêineres produtos como madeira, milho, além de outros. “Essa é uma estrutura muito importante que em breve teremos em Lucas do Rio Verde”, garantiu o diretor executivo de Governo, Aluízio Bassani.

Além do prefeito de Lucas do Rio Verde e do diretor executivo de Governo, a visita foi acompanhada pelo secretário de Planejamento e Cidade, Welligton Souto, e pelo prefeito de Nova Mutum, Leandro Félix.

<< Matéria anteriorProjeto da nova escola municipal de Lucas do Rio Verde é apresentado aos profissionais da Educação
Próxima matéria >>Mixto, Mutum, Luverdense e União começam definir sábado quartas de final do Estadual Sub-19