Polícia analisa imagens de câmeras de rodoviária em Lucas que podem ser de criança desaparecida

A Polícia Civil analisou as imagens das câmaras de segurança do terminal rodoviário de Lucas do Rio Verde, que podem ser de Heitor Maciel dos Santos, de 2 anos, desaparecido desde quinta-feira. Os investigadores ainda não confirmam que a criança que aparece brincando com outra é ele. Familiares também acompanham o trabalho policial para ajudar na identificação.

De acordo com o investigador Wladimir Mesquita, toda informação é muito importante para ajudar esclarecer o caso. “As imagens estão sendo analisadas pela equipe de inteligência e da Polícia Militar. É algo muito importante. Alguns familiares afirmam que é ele e outros não reconhecem. Já foi solicitada toda a lista de passageiros que embarcaram no dia. Os bombeiros continuam as buscas nas proximidades da casa onde ele desapareceu. Vamos continuar os trabalhos para tentar encontra-lo”.

Na manhã deste sábado, o soldado do Corpo de Bombeiros de Sinop, Bruno Ferreira Lima e o Cão Luke reforçaram as buscas ao garotinho.

O  major e comandante do Corpo de Bombeiro de Lucas, Alex Queiroz da Silva disse, que a Polícia Civil também trabalha nas buscas por acreditar num possível sequestro da criança. “Estamos trabalhando com várias hipóteses. Uma delas é que ele tenha sido levado. Temos conversado com a Polícia Civil que investiga essa possibilidade. Uma pessoa que passou pelo local, no horário que ocorreu o fato relatou que viu a criança na às margens da MT-449. Afirmou ainda que não parou porque viu pessoas próximas e pensou que fossem parentes. Depois que ficou sabendo do desaparecimento relatou isso para polícia também. Isso reforça ainda mais a possibilidade pelo sequestro da criança”.

Os pais do menino residem em Campo Novo do Parecis e vieram a Lucas do Rio Verde passar o Natal com a avó da criança. Na quinta-feira à tarde, por volta das 15h, véspera de natal, teria ocorrido queda de energia, o pai e mãe saíram para resolver o problema e a criança teria desaparecido.