O prefeito Miguel Vaz (Cidadania) e o vice Márcio Pandolfi (PDT) foram empossados, há pouco, para comandar o município de Lucas do Rio Verde pelos próximos quatro anos. Devido ao Coronavírus, o evento foi na câmara de vereadores com transmissão ao vivo pela internet, e sem presença de público. A sessão foi comandada pelo vereador mais votado em novembro, Waldimir Mesquita (PRTB).

“Eu chego com a experiência de 4 anos vividos como vice-prefeito (na gestão de Otaviano Pivetta) e isso facilita bastante. Sei como funciona a máquina pública. Estou preparado para conduzir o destino de Lucas e o caminho para sermos o maior polo industrial. Temos que observar também o social. A prefeitura foi entregue com recursos em caixa. Esta em condições saldáveis e isso é muito importante. Agora, vamos começar colocar em prática nossos projetos de campanha”, afirmou Vaz, em entrevista, ao Só Notícias.

Ele recebeu a faixa de Luiz Binotti que concluiu sua gestão de 4 anos.

Pandolfi afirmou que tem uma longa história de prestação de serviços em Lucas do Rio Verde. “Acredito que a partir de hoje vamos trazer para o serviço público pessoas que pensam na coletividade. Isso que nos anima ainda mais. Dessa forma, vamos poder cumprir nossos compromissos de campanha. A pandemia ainda é um desafio. O enfrentamento continua e estamos fazendo um plano esse mês com fisioterapia para ajudar os pacientes afetados com à Covid”.

Os vereadores também fizeram a eleição para definição da mesa diretora que comandará os trabalhos do legislativo no biênio (2021/2022). O vereador Daltro Sérgio Figur (Cidadania) foi definido presidente, por consenso, além da vice-presidente Ideiva Foletto, primeira secretária Sandra Barzoto e segundo secretário Noel Dias.

“Queremos um trabalho transparente, honesto para beneficiar principalmente aquelas pessoas que precisam. Vamos trabalhar muito próximo com o Miguel e dos demais vereadores. Vamos construir pontes e não barreiras. Não tem oposição e vamos trabalhar juntos”, afirmou Figur

Também foram empossados os vereadores Sandra São Cristóvão (Republicano), Márcio Albieri (PSD), Marcos Paulista (PTB), Urso (DC), Zinho Pereira (PP) e Waldimir Mesquita (PRTB).