A manhã ensolarada desta sexta-feira (06) foi o cenário perfeito para a 1ª Mostra Municipal de Foguetes, promovida pelos docentes das escolas públicas de Lucas do Rio Verde. Alunos do 1° ao 9° ano aprenderam a construir e lançar foguetes em sala de aula para participar da competição. Antes, os professores participaram de uma capacitação para ensinar os estudantes.

A animação das equipes era nítida para quem passava pelo Estádio Passo das Emas, local apropriado para o lançamento dos projéteis, já que a competição se baseava em quem lançasse o mais distante possível.

O cerimonial de abertura contou com a presença da primeira-dama Janice Ribeiro, representando o prefeito Miguel Vaz, secretária de Educação Elaine Lovatel, coordenador Nacional da Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica, João Batista Garcia Canalle, presidente do Conselho Municipal de Educação, Isac Justino Ribeiro, e a presidente do Sintep de Lucas do Rio Verde, Tânia Jorra.

“É muito satisfatório observar a alegria dos alunos. Após os professores terem se capacitado, passaram todo o conhecimento adquirido para os alunos para que este momento esteja acontecendo. Tenho certeza que para as escolas é muito importante principalmente para o crescimento de cada aluno”, elogiou a primeira-dama Janice Ribeiro.

“Está sendo uma experiência diferente e inovadora para a rede municipal. Temos mais de mil alunos para a competição, de uma seleção de 5 mil. É um momento também de expectativas, afinal de contas, são mais de 600 equipes que vão fazer o lançamento dos seus foguetes. O evento só está sendo possível acontecer porque os professores das escolas abraçaram a ideia, perceberam a importância e quiseram colocar isso em prática”, destacou a secretária Elaine Lovatel.

As equipes foram divididas por nivelamento: Nível 1, 2 e 3. O primeiro nível envolveu os alunos do 1° ao 3° ano do ensino fundamental. O segundo, estudantes do 4° ao 5° ano. E o terceiro, do 6° ao 9° ano do ensino fundamental anos finais.

Para o Nível 1, os foguetes para a competição foram construídos por canudos de plástico, utilizados para bebidas, que eram lançados à base de impulso de ar comprimido. Já na competição da segunda categoria, foguetes que são presos por uma base, feitos de tubos e lançados por impulso com base de pressurização. Os alunos do 6° ao 9° ano, trabalharam com foguetes feitos de garrafas pet de 500 ml a 2 litros. Todo o processo de pressurização dos projéteis foi por água.

O prêmio para os ganhadores foram troféus e medalhas. A equipe campeã pelo Nível 3 foi a Explosão Fredolino, da Escola Fredolino Vieira Barros, da comunidade de Groslândia.Victor Kauã Silva Lima faz parte da equipe e ficou muito feliz. “Quero agradecer aos professores que nos ajudaram com nosso projeto e foi uma experiência muito legal. Foi um preparo que precisou de muita pesquisa, concentração e força de vontade”, relata Victor.

De acordo com Secretaria de Educação, o plano para 2023 é abranger a Mostra Municipal de Foguetes envolvendo as demais redes de ensino, além dos municípios da região.

<< Matéria anteriorCarro capota, mulher é arremessada e morre na BR-163 em Lucas do Rio Verde
Próxima matéria >>Réplicas animatrônicas de dinossauros são atração da Expodinos em Lucas do Rio Verde