Continua no IML corpo encontrado com mãos amarradas em rio em Lucas do Rio Verde

O Instituto Médico Legal (IML) de Sorriso confirmou, há pouco, ao Só Notícias, que o corpo encontrado na última terça-feira à tarde, em Lucas do Rio Verde na região do Rio Verde, próximo à ponte de concreto da BR-163, numa região conhecida como Prainha, continua armazenado e sem identificação.

Um perito criminal explicou que é necessário que algum familiar procure a unidade para fazer o confronto ou apresente algum documento para verificação. Caso isso não ocorra, nos próximos 30 dias será feita coleta de material genético para futura identificação e liberação para sepultamento. Até o momento, não há confirmação de registro de desaparecidos em Lucas do Rio Verde.

Conforme Só Notícias já informou, o corpo foi encontrado por pescadores que estavam na região. A retirada foi feita pelos bombeiros, que utilizando um barco, encontrou a vítima a cerca de 800 metros do ponto apontado pelos pescadores. Após isso, foi feito deslocamento do corpo até às margens do rio.

Ainda de acordo com informações dos militares, visualmente foi identificado que o homem estava somente de cueca, com ao menos sete perfurações pelo corpo e com as mãos amarradas numa pedra.

A Polícia Civil está fazendo as investigações necessárias para descobrir as causas e motivações da morte.