Como forma de solução a curto prazo, a concessionária que administra a BR-163, Rota do Oeste, afirmou que inicia nos próximos dias obras paliativas em pontos de alagamentos no perímetro urbano de Lucas do Rio Verde. Representantes da empresa estiveram reunidos, na tarde desta quinta-feira (19), com o prefeito Miguel Vaz e o secretário de Infraestrutura e Obras, Alexandre Orbolato.

Serão executadas ações nos canteiros para a retirada de barreiras que impedem a fluidez da água pluvial. A alternativa visa diminuir os alagamentos nesse período chuvoso, especialmente nos pontos de travessias da rodovia federal com as avenidas Universitária e Goiás.

Além da reunião no Paço Municipal, os gestores e os representantes da concessionára visitaram os pontos mais problemáticos, a fim de avaliar as localidades para se estudar soluções a longo prazo.

“Essa é uma solução paliativa, com o objetivo de minimizar os impactos causados pelo excesso. A empresa se comprometeu em estudar junto com a nossa equipe de engenharia, no período da seca, uma solução definitiva para o problema”, disse Miguel Vaz.

Essa é a segunda reunião entre o Município e a concessionária em sete dias para resolver o problema. “Essa é uma preocupação nossa, enquanto prefeitura, e também da empresa que disse estar organizando o maquinário e, em breve, veremos esses trabalhos acontecerem”, destacou o secretário de Infraestrutura e Obras.

Além do prefeito e do secretário, participaram da reunião e visita técnica, representando a concessionária, os engenheiros Vitor Lima, Paulo Adriano Soares e Jhonatan Bezerra.

<< Matéria anteriorSorteados titulares do Vida Nova II têm até 23 de novembro para assinar documentos dos dossiês
Próxima matéria >>Secretaria de Saúde realiza ações sobre os cuidados com a saúde do homem