Candidato fez mais de mil votos mas não se elegeu e 4 com menos de 500 foram eleitos

O cálculo do quociente eleitoral em Lucas do Rio Verde resultou em uma significante mudança na composição do legislativo municipal em relação a lista dos mais votados. No município, são 9 vereadores eleitos e com a somatória dos candidatos que ficaram nas 16º, 17º, 21º e 23º colocações conseguiram uma cadeira, graças as quantidades de votos alcançadas pelos partidos.

Chega-se ao quociente eleitoral dividindo o número total de votos válidos (excluindo os brancos e nulos) pela quantidade de vagas na câmara, ou seja, em Lucas foram 32.637 votos, sendo 31.325 em algum candidato (válidos), 573 brancos e 775 nulos. Para a conta, divide-se 31.325 pelas vagas (9), chegando ao resultado de 3,4 mil votos para garantir uma cadeira.

Paulo Nunes (PSDB), por exemplo, foi o 4º mais votado, com 1.006 votos, mas perdeu a vaga para Urso (DC), que foi o 16º na lista com 464. Já Gelsner do Balanço Geral (Podemos) foi o 7º com 791, mas quem garantiu vaga foi Zinho Pereira (PP) com 447 (17º na lista). Ainda mais abaixo, Daltro (Cidadania) com 353 votos e Noel Dias (DEM) com 346, 21º e 23º na colocação respectivamente, também foram eleitos.

Mesmo com a mudança causada pelo quociente, o prefeito eleito Miguel Vaz (Cidadania) terá a maioria na câmara. No grupo estão Ideiva da Comunidade (Cidadania), Sandra São Cristóvão (Republicanos), Urso (DC), Daltro (Cidadania) e Noel Dias (DEM).

Da coligação de Flori Luiz Binotti (PSD), que tentou reeleição, estavam Marcos Paulista (Republicanos), Wlad Mesquita (PRTB), Márcio Albieri (PSD) e Zinho Pereira (PP).

Já entre os atuais vereadores que tentaram reeleição (7), seis não alcançaram vaga, sendo Fernando Pael (DEM), Airton Callai (Republicanos), Cristiani Dias (PT), Dr Wagner Godoy (DEM), Jaime Floriano (PDT) e Márcia Pelicioli (Republicanos). Já Dirceu Cosma (PV) não disputou o pleito, e Mano da Saúde (PROS) tentou vaga no executivo.

Lista dos 30 vereadores mais votados em Lucas do Rio Verde:

1 – Wlad Mesquita (PRTB) – 1.511 votos 4,96%
2 – Ideiva da Comunidade (Cidadania) – 1.508 votos 4,95%
3 – Sandra São Cristóvão (Republicanos) – 1.237 votos 4,06%
4 – Paulo Nunes (PSDB) – 1.006 votos 3,30%
5 – Márcio Albieri (PSD) – 953 votos 3,13%
6 – Marcos Paulista (PTB) – 873 votos 2,87%
7 – Gelsner do Balanço Geral (Podemos) – 791 votos 2,60%
8 – Adailton Martins (PSD) – 714 votos 2,34%
9 – Kassiano Souza (PRTB) – 627 votos 2,06%
10 – Demétrio Cézar (PDT) – 586 votos 1,92%
11 – Airton Callai (Republicanos) – 585 votos 1,92%
12 – Ruam Villas Boas (MDB) – 583 votos 1,91%
13 – Gilberto (PSDB) – 529 votos 1,74%
14 – Joice Chaves (PSD) – 512 votos 1,68%
15 – Rosângela Santos (MDB) – 479 votos 1,57%
16 – Urso (DC) – 464 votos 1,52%
17 – Zinho Pereira (PP) – 447 votos 1,47%
18 – Marcelo Dal Berto (PP) – 433 votos 1,42%
19 – Maurício Corredor (DC) – 431 votos 1,42%
20 – Sargento Ademil (PP) – 386 votos 1,27%
21 – Daltro (Cidadania) – 353 votos 1,16%
22 – Dr Jaime Floriano (PDT) – 348 votos 1,14%
23 – Noel Dias (DEM) – 346 votos 1,14%
24 – Ezequiel do Rio Verde (Cidadania) – 338 votos 1,11%
25 – Fernando Pael (DEM) – 335 votos 1,10%
26 – Josias Cabeleireiro (PTB) – 332 votos 1,09%
27 – Dr Wagner Godoy (DEM) – 324 votos 1,06%
28 – Zulu Vieira (PTB) – 318 votos 1,04%
29 – Professora Linda (PT) – 305 votos 1%
30 – Márcia Pelicioli (Republicanos) – 299 votos 0,98%